É possível reaver um telemóvel depois de ter sido roubado!

segunda-feira, maio 07, 2018
        Eu recebi uma notificação para me apresentar no tribunal da Comarca da Grande Lisboa Noroeste, nos Juízos da Amadora. Marquei uma hora e lá fui eu contente da vida. Não, não estou a ser irónico. Fui mesmo contente e fui mesmo a tribunal. Esta é uma história insólita que não podem mesmo perder!

telemóvel roubado + telemóvel encontrado + tribunal da Amadora +vale a pena apresentar queixa na polícia do roubo + furto + blogue ela e ele+ ele e ela + blogue de casal português + Pedro e Telma

       Contámos que deixei o telemóvel em cima de uma mesa na esplanada do Dolce Vita e alguém o roubou. Apresentámos queixa na PSP, já que quem ficou com o telemóvel estava a cometer um acto ilegal. É um crime que deve ser punido. Hoje em dia ao ficar com um telemóvel que não é nosso, além do objecto em si, roubamos muita informação sobre a pessoa, contactos, contas de multibanco etc. É muito mais que um mero telemóvel. Nos tempos que decorrem temos tudo lá escarrapachado e é até perigoso pensarmos nisso. Por isso mesmo achamos que é merecida a investigação e devia ser-se punido por este acto cruel. Agora já tenho outro telemóvel, mas na altura nem me dava jeito tê-lo comprado. Não tive foi outro remédio... Bom, mas o facto é que esse alguém está mesmo a ser alvo de uma investigação criminal e nós conseguimos, ao contrário do que era esperado, reaver o objecto. Sim, está intacto. Não sabemos concretamente como foi reavido, mas o certo é que está agora em nossa posse. Afinal sempre vale a pena apresentar queixa, bem como irmos a todas as redes de telecomunicações pedir para identificar o telemóvel roubado... Dá trabalho, mas no final compensa. Isto a menos que o telemóvel seja da MEO que devia ser obrigada a também ter este sistema de aviso às autoridades, tal como as outras empresas, que aceitam sinalizar os telemóveis declarados como roubados às autoridades, para que os lesados sejam reabastecidos dos seus bens.
        Enfim, uma história que correu mal, mas acabou um pouco melhor. Esperamos que através desta partilha possamos ajudar casos como este meu. Assim já sabem o que podem fazer e esperar resultados positivos, porque, como vêem, acontecem.

Já vos aconteceu algo parecido?
       

15 comentários

  1. Fogo acho que não fazia isso de ir fazer uma queixa, mas adorei a tua partilha, acho que vai ajudar bastante e agora já sei quando acontecer algo assim
    Beijinhos
    Novo post (Review Nova?) // CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nós fizemos. Afinal o telemóvel é algo que tem a nossa vida inteira nele. Para muitos este blogue pode ser um mero hobbie. Para nós não é. E era lá que tínhamos muitas informações, fotografias, dicas para próximos posts. Era também lá que tínhamos a nossa intimidade. Não se faz isto a ninguém, já que nos tirou demasiada informação pessoal. Achado é roubado se for um objecto tão pessoal e tão facilmente identificável!

      Eliminar
  2. Acho que ficou aqui um excelente alerta, porque tendemos a desvalorizar e/ou a achar que não vai adiantar. O desfecho até pode não ser o mais feliz, mas caso não apresentemos queixa, aí é que não há volta a dar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exactamente por isso é que achámos tão importante esta partilha.

      Eliminar
  3. Por acaso nunca me aconteceu nada semelhante mas, caso aconteça, já sei o que fazer! :D

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa foi a nossa motivação pela partilha. É que pode acontecer a qualquer pessoa...

      Eliminar
  4. Já, estávamos a poucos metros do carro quando nos roubaram tudo o que lá tínhamos, documentos de 4 pessoas, 2 telemóveis, dinheiro, tudo. Chamamos a polícia e de nada adiantou, foi apresentada queixa, chegamos a ir à esquadra da nossa residência (o roubo aconteceu longe de casa) prestar declarações. Isto aconteceu há cerca de 2 anos, a semana passada recebemos carta a arquivar o processo. Nunca conseguimos reaver nada, nem documentos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que horror! Nem queremos imaginar!! Nós também só demos conta de termos perdido o telemóvel quando já tínhamos chegado à nossa zona de residência e apresentámos queixa. Foi-nos então aconselhado a ir a cada uma das redes apresentar o IMEI e foi o que fizemos. Calculamos que tenha sido por isso que encontraram o telemóvel. Também o fizeste?
      Os documentos muito raramente são encontrados ou devolvidos. São facilmente vendidos no mercado negro, segundo consta. É mesmo uma crueldade!

      Eliminar
  5. Felizmente nunca me aconteceu nada do género, nem guardo grande informação no telemóvel, mas compreendo que para quem necessita de o fazer é uma enorme chatice a perda de informação, isto sem falar nas consequências que pode trazer a todos os níveis. Por acaso não pensei que valesse grande coisa apresentar queixa, excepto no caso haver seguro. Mas anotei a dica caso venha a ser necessário. :)
    Gostei de conhecer o blog :)

    Beijinho.
    O Meu Dolce Far Niente
    |Facebook| |Instagram| |Twitter|

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado. Esperamos receber-te por cá mais vezes! :)

      Eliminar
  6. Aconteceu algo semelhante ao meu ex namorado. Ele conseguiu reaver o telemóvel... dois anos depois de o terem roubado xD
    Um beijinho grande*
    Vinte e Muitos
    Unike Store Peças únicas, para mulheres únicas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim vale a pena. É importante partilharmos estas experiências para voltarmos a acreditar, já que há tantas partilhas de casos em que nos fazem desacreditar...

      Eliminar
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  8. Muito bom :) A mim aconteceu-me isso com uma bicicleta no último ano da universidade. Mas foi recuperada, a minha pasteleira cor de rosa, e foi facilmente identificada :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem. É muito importante estas partilhas! Também temos de partilhar o bem!

      Eliminar

Obrigado pelo comentário! Vamos responder-te no mais breve espaço de tempo que nos for possível. Um bem-haja!