As revistas femininas são uma anedota!

quarta-feira, setembro 05, 2018
       Digam-me se estiver enganada, mas eu acho que as revistas femininas são uma completa anedota. Criticam tudo o que também eles fazem apologia. Contradizem-se. Escrevem, escrevem, escrevem e acabam por não dizer nada em concreto, por não passar uma mensagem real e verdadeira. Já para não falar que metade são patrocínios pagos que não trazem teor nenhum de interesse. Ainda dizem que os blogues estão a ficar ultrapassados... Pois eu prefiro muito mais seguir um blogue que uma revista. Há mil à escolha. Já as revistas... Bom, digam a vossa verdade se no final descobrirem que estou errada.

       Pensem em qualquer uma revista feminina que tenham lido. A capa era uma modelo dita perfeita, com o suposto peso considerado certo, mesmo naquelas revistas que falam da aceitação do peso e dos modelos XL. Tentam moldar a nossa opinião para aceitarmos o nosso corpo como o temos, porque todas as mulheres, em todos os formatos são sexy's. Concordo. Mas então porque é que a seguir têm artigos de como emagrecer em 10 passos? Ah! Isto já não falando das receitas no final da revista que serão tudo menos saudáveis. Pelo meio ainda temos direito a publicidade a produtos de emagrecimento, mas atenção que é tudo pela aceitação do corpo, pois todos os corpos têm a sua beleza. Vamos lá ser coerentes!
       Se pensam que só escrevo este artigo por achar que deviam fazer apologia às gordas como belas, então estão errados. As gordas não precisam que façam apologia à sua beleza. Nem as magras, nem as ruivas, nem as morenas ou as loiras. Todos temos a nossa beleza. E não é só neste aspecto que as revistas femininas se contradizem...
       Então e aqueles casos em que se faz apologia a aceitarmos a vida dos outros, a vivermos a nossa própria... Só que depois têm outras 20 páginas a dizer mal, por vezes com base em informações falsas, da vida dos famosos. Não contam? Por favor, deixem de alimentar o mau jornalismo, até porque há muito bom material de leitura por aí... 

16 comentários

  1. Totalmente de acordo. Em jeito de conversa com amigas já tínhamos feito esse reparo. Os títulos nas capas são verdadeiros ensinamentos de aceite-se como é, mas basta passarmos para a página seguinte e temos 1001 maneiras de emagrecer.
    Acho-as super contraditórias e sinceramente muitas delas (talvez pelo excesso de publicidade) completamente vazias de conteúdo.
    https://jusajublog.blogspot.com/
    https://jusajublog.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que ainda nos rimos é pelo facto de haver tanta irritação com o facto de bloggers aceitarem dinheiro para darem uma opinião real sobre um produto, mas depois comprar uma revista em que mais de metade é publicidade descarada a produtos que podem ser maravilhosos ou terríveis, para ganharem com seguidores e com marcas. Vá-se lá perceber! Cada vez se perde mais neste ramo... E é desnecessário.

      Eliminar
  2. As revistas femininas são um total vazio de conteúdo. Já não compro uma há uns 10 anos e, sinceramente, nem o olhar me prendem quando vou a qualquer quiosque.

    "As gordas não precisam que façam apologia à sua beleza." Como gorda posso dizer que concordo com isto a 10000000%. Não preciso que uma revista me diga que todas as mulheres são bonita, independentemente do peso e páginas à frente me tente entrar numa dieta qualquer à maluca.A aceitação vem de dentro de nós próprias, eu aceito-me como sou. Esforço-me por ter uma alimentação o mais equilibrada possível, para ser uma pessoa saudável, mas aprendi a aceitar-me com as minhas gordurinhas e peso a mais. Esses ideais de beleza que nos tentam impingir só servem para termos pessoas (no caso mulheres) ainda mais deprimidas com a vida e capazes de cometer dietas loucas só para tentar ser como a modelo da capa. Irrita-me profundamente este tipo de coisas...
    Resumindo, concordo em absoluto com o texto :)
    Beijinhos
    Cláudia Ralha
    www.oprazerdacozinha.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gastar quase 5€ numa revista onde muito mais de metade é publicidade, que por si só já foi paga... Não faz sentido! Mas estaríamos dispostos a arriscar se fosse para aprendermos algo, mas a verdade é que só dá vontade de rir ou chorar pelo dinheiro gasto!
      Quer se seja gorda, magra, sardenta, ruiva, loira, morena... Ainda bem que não somos todos iguais! Ainda bem que não gostamos todos do mesmo. Como seria entediante... Todos temos beleza dentro e fora de nós!

      Eliminar
  3. Concordo completamente! Não compro uma revista há anos....

    http://arrblogs.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem revistas, nem jornais. É mesmo muito, muito raro!

      Eliminar
  4. tbm acho essas revistas uma piada, elas exaltam só o mesmo tipo de pessoa como se fosse o unico tipo de corpo que existe... temos que exaltar sempre a diversidade

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É defendido uma completa ditadura de beleza que não faz sentido algum. Afinal, não somos robots!

      Eliminar
  5. Mas alguém com dois dedos de testa lê aquilo? Existem para promoção de figurinhas e venda de publicidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem que seja para passar o tempo, dá-se atenção. Dá-se dois ou três dedos de conversa no café. Coscuvilha-se no cabeleireiro... Oh pah! Há tanto mais tão bom para comentar! Deixemo-nos de algo que nos rebaixa. Acabemos com a ditadura de beleza!

      Eliminar
  6. Ainda me lembro quando a minha mãe comprava a Crónica Feminina, já lá vão umas dezenas de anos. Felizmente quando a revista acabou não voltou a comprar outra :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem! Esperamos que tenha arranjado algo para entreter que de facto não faça mal a ninguém! :)

      Eliminar
  7. Nunca fui dada a revistas femininas, nem quando era adolescente. Sou mais de ler uma revista informativa (estilo visão ou sábado). As únicas revistas "femininas" que me cativam são as que abordam estilos de vida saudáveis, que ensinam exercícios bons para o nosso corpo, que explicam o que devemos substituir para comer melhor, sem photoshop nas capas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era tão bom mesmo quando essas revistas não eram tão focadas em vender... Mas são das melhores, sem dúvidas. Também gostamos da super interessante, ainda que seja um pouco carota...

      Eliminar
  8. Eu acho que há de tudo em todo o lado, isso que descreves também vejo em blogs... É um assunto sensível (eu própria sinto que me contradigo, por vezes, mesmo involuntariamente) e sobre o qual não me vou alongar, mas talvez um dia ainda escreva ou fale sobre isso :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos nós mudamos de opinião e isso faz parte da evolução. Isso é uma coisa. Agora recomendar um creme numa semana e na outra dizer mal de um creme exactamente igual... Para nós não faz sentido. Da mesma forma não nos faz sentido recomendar que haja aceitação e depois logo de seguida a recomendação de emagrecimento... Mas ficamos então à espera de um artigo sobre isto!

      Eliminar

Obrigado pelo comentário! Vamos responder-te no mais breve espaço de tempo que nos for possível. Um bem-haja!