Há tempos fui ver um jogo do Benfica e ela pediu-me para levar algo para o jantar. “McDonalds” perguntei eu, sem muita vontade… Ela responde que não. E não sei bem o motivo, mas lembrei-me de uma hamburgueria a que a minha mãe me costumava levar, em Telheiras. Lembrei-me que tinha opções vegetarianas. Embora a Telma só não como nada de carne, é sempre muito difícil para mim escolher comida para ela (esse é um dos motivos que me leva a pedir-lhe para continuar a comer peixe!).
        Eu (Telma) vejo-o a entrar com sacos e pensei que tinha ido à mais conhecida cadeia de fast food internacional. Mas quando o vejo mexer nos sacos tive uma agradável surpresa. Trazia uma dose beeem composta de batatas com especiarias, molho de alho e um hambúrguer gigante vegetariano!
        Esta foi a hamburgaria que mais nos surpreendeu pela positva pelos seus hambúrgueres deliciosos e caseiros. Foi de tal forma que eu (Telma) quis ir conhecer o espaço… e acabámos por pedir exactamente o mesmo que comemos naquele dia! É que quando se gosta assim é difícil trocar para experimentar o que quer que seja de diferente… E acreditem, este restaurante é tudo menos mais um restaurante que vende hambúrgueres!
       Por coincidência, ao vermos esta publicação reparámos que ambos parámos nas opções vegetarianas ao ler o cardápio. As opções são muitas, e as escolhas difíceis porque vemos passar muitas opções com um excelente aspecto, mas lá nos decidimos pelo mesmo. Eu (Telma) pedi um funghi, que tinha tofu, cogumelos funghi, queijo brie, tomate, ovo, e era mesmo muito, muito bom. O melhor hambúrguer vegetariano que já comi e eu tenho testado alguns…
       O pão era bolo do caco. Há junção mais perfeita?! Estava tudo muito, muito delicioso mesmo e não me canso de referir. Enquanto escrevo isto salivo só de me lembrar. Voltava já lá. Foi uma excelente lembrança do Pedro de me levar lá.
       As batatas também não se limitam a comprar um saco de batatas fritas congeladas industriais e a fritar em óleos sem conta. Isso nota-se bem. São mesmo artesanais e isso faz toda a diferença. Têm especiarias e não só sal. O molho de alho também está muito bem feito. Sente-se que é cozinha artesanal em cada pedaço degustado.
       Eu, Pedro, lembro-me de vir a esta hamburgueria com a minha mãe. Foi muito bom redescobrir este local. Parece que melhora com o tempo. Destaca-se pelo cariz artesanal, entre tantos e tantos outros que primam pelo comercial e industrial da cozinha. Isso faz toda a diferença. Sente-se no gosto da carne, no pão, etc. As batatas, a que eu nem costumo ligar, são muito mais saborosas aqui. São caseiras. É um restaurante de fast food, mas como se fosse um fast food que as avós fariam, com gosto e carinho.
        A Hamburgueria chama-se 100% artesanal, e eu pedi o hambúrguer 50%, ao qual acrescentei ovo e cebola caramelizada. Adoro cebola, e adoro ovo estrelado nos hambúrgueres. Além de os ingredientes se notarem com muito sabor e frescos, ainda se pode montar os hambúrgueres existentes como quisermos e isso faz muita diferença, pelo menos para mim. Escusado será dizer que neste restaurante não sobram nem migalhas… Pelo menos eu não deixo!
        Já estávamos os dois de barriga mais do que cheia quando acabámos de comer a refeição principal. Mas tínhamos a desculpa de estarmos a escrever para vocês e a recomendar-vos um local, porque adorámos… Então lá fizemos o sacrifício de arranjar espaço na barriga para a sobremesa, com muito custo, como imaginam. Pedimos os dois cheesecakes. Quando há esta opção, já devem reparar que é sempre a nossa escolha. E olhem que somos muito críticos… Este era daqueles que leva requeijão. Destacava-se esse sabor, sobressaindo ainda os frutos vermelhos e a junção foi a perfeição.
        É escusado dizermos que recomendamos vivamente que experimentem vir aqui, certo? Vocês já devem ter percebido isso pelo que escrevemos. Nós voltaremos de certeza. O difícil vai ser experimentar as outras opções, de tanto que gostámos destas…

Página de facebook: www.facebook.com/100Hamburgueria

Morada: 
Rua Padre Américo Nº11A
1600–548 Telheiras, Lisboa
Tel.: 218 206 730

Horário: De Domingo a Quinta Feira das 12:00 às 23:00 horas | Sexta e Sábado das 12:00 às 24:00 horas