Hoje partilhamos uma receita que é todo um belo embrulho de couve lombarda, com arroz de salsichas e chouriço. Não te vais ver embrulhad@ a fazer este pitéu, mas deliciar-te ao comê-lo. Mais uma vez, esta é uma receita económica, fácil e relativamente rápida de se fazer, pelo que é ideal para este tempo de quarentena que se vive no nosso país. Esta iguaria serve ainda para carnívoros, mas também para veganos. Confus@? Então basta lerem as dicas e sugestões no final do artigo!

Ingredientes para 6 porções:

  • 1 cebola;
  • azeite q.b.;
  • 250gr de salsichas;
  • 250gr de chouriço;
  • 150gr de tomate;
  • sal;
  • gengibre em pó;
  • alho em pó;
  • pimenta preta;
  • 300gr de arroz;
  • 12 folhas de couve lombarda;
  • 50gr de pão ralado;
  • 100gr de queijo ralado.

Modo de Preparação:

       Começa-se por cozer as 12 folhas de couve lombarda só em água, sem temperos. Quando estiverem prontas, escorre-se a água e separam-se as folhas prontas a serem recheadas posteriormente, quando já estiverem frias. Aquando da cozedura das couves, à parte, começa-se a tratar do refogado com cebola e azeite, ao que se juntará as salsichas, o tomate e o chouriço cortados em pedaços pequenos, bem como se adicionam os temperos (sal, gengibre, alho e pimenta preta), deixando apurar por cerca de 3/5 minutos. A seguir junta-se o arroz, com água que já deve estar previamente fervida. Deixa-se cozinhar.

       Quando o arroz estiver pronto, envolve-se metade da quantidade de queijo. Entretanto a couve já deve estar fria o suficiente para ser manejada. Recheamos a couve no centro com o arroz, fechando as pontas em formato de envelope. Dispomos as couves recheadas num tabuleiro. A seguir polvilha-se com pão ralado, depois adiciona-se o queijo e leva-se ao forno a 200ºC até gratinar. E está pronto a servir um grande embrulho de arroz!

Dicas & sugestões:

  • Nós comemos comidas diferentes, sendo que eu (Pedro) sou um assumido carnívroro e eu (Telma) que não como carne. Assim, costumamos cozinhar estes embrulhos duas vezes, fazendo-os de formas diferentes e adaptadas a cada um. Numa das versões usamos a carne que preferir (salsichas frescas ou em lata) e chouriço. Numa segunda versão usamos chouriço vegano (exemplo: marca Vegin) e salsichas de soja (por exemplo da marca Nobre – Vegalia). Por isso esta receita tanto serve para carnívoros como para veganos se usarem também queijo vegano (por exemplo Violife).

 

Se gostaste do artigo, segue-nos no facebook e instagram.
Se quiseres ler mais, então não te esqueças de o partilhar e/ou comentar com a tua opinião.