Fomos a um dos dez mais belos cafés do mundo e o mais belo do nosso país, na nossa estadia pelo Porto, e não poderíamos visitar um lugar destes sem vos contar todos os pormenores. É isso mesmo que podem encontrar por aqui hoje: todos os pormenores da nossa visita ao Majestic (que podem conhecer aqui).
       Fica no número 112 da rua de Santa Catarina, no Porto, e em 2011 foi considerado o sexto mais belo café do mundo, como podem confirmar aqui. Inaugurado a 17 de Dezembro do ano de 1921 (na altura, com o nome “Elite”, o café esteve sempre associado à frequência de pessoas distintas da época, que ficavam encantados com o esplendor da decoração ligada à arte nova. Foi no ano que se seguiu à inauguração que o nome mudou para aquele pelo qual ainda hoje é conhecido, com influências parisienses que eram do interesse da clientela que o frequentava.
       Com o passar do tempo foram imensas as personalidades que visitaram o local, tais como os escritores José Régio, António Nobre e vários pintores e outros célebres nomes portugueses, que também passam por vários presidentes da república, que vão passando e assinando o livro de honra.
Hoje em dia o café continua a ser um espaço muito in com espaço para recitais de poesia, exposições de pintura, lançamentos de livros, realizações de cenas para filmes nacionais ou mesmo estrangeiros. Inclui também concertos de piano, que era o que estava a ocorrer quando lá fomos.
       A título de curiosidade não podemos mesmo deixar de dizer que este foi também um local muito frequentado por J.K. Rowling, ainda que esta tenha saído do Porto em 1994, e o livro só tenha sido publicado em 1997.
       Passando da história à nossa opinião, temos a dizer que reafirmamos o que já muitos disseram: “O café Majestic emana uma atmosfera de luxo, de requinte e bem-estar”. Sentimo-nos como que ilustres príncipes e princesas no tempo dos reis, com todo o esplendor deste local. Faz-nos realmente reviver a fascinante Belle Époque.
       E o mais engraçado era mesmo ver que por cá se encontram portugueses e estrangeiros, turistas do país e de fora, portuenses e dos arredores, de todas as idades, de todos os estilos. Todos querem viver momentos de glamour num dos mais belos cafés do mundo. Nós também não quisemos falhar em ir ao Porto e não visitar este local. Mas fomos para almoçar? Para jantar? O que pedir num café destes? Vimos a ementa e ficámos literalmente assim:
       Ficámos a salivar por… um cheesecake! Fomos para um lanche, já que este local não prima por ser em conta. Mas dizemos de coração: vão visitar o espaço que é deslumbrante e experimentem o cheesecake pois é divinal e não tão caro quanto isso…
       Mas claro que nem tudo é um mar de rosas e, neste café, já faz falta alguma reabilitação. Podem notar pelos espelhos que já ditam os anos que por eles passaram e dá para notar que não se passaram como com os melhores vinhos do Porto… Não melhoraram com o passar dos anos. Um lugar destes com tamanho requinte, com tanta pompa e circunstância, poderia dispensar alguns recursos monetários para tratar disso.
        No geral a nossa opinião foi dar-lhes nota 5. Só peca pelos espelhos não terem sido reabilitados, o que, num espaço destes, valorizava ainda mais o local, que já pede isso mesmo. Recomendamos vivamente que não deixem de visitar este local e, se possível, experimentem o cheesecake, pois não se vão arrepender de todo!
Contactos do Majestic: