Para celebrar os nossos quatro anos de namoro (15.06.2017) fomos visitar Torres Vedras. Bom, na verdade o objectivo não era o passeio, mas, sim, voltar ao restaurante chinês/ japonês Sapporo, que vos apresentámos aqui. Gostamos tanto, tanto deste restaurante que achámos que era o sítio ideal para irmos neste dia especial. Depois de almoço fomos conhecer o jardim da verde da Várzea e agora mostramos algumas fotografias de um local relaxante, tranquilo, verde e zen que, se ainda não visitaram, têm que visitar. Já devem ter reparado por estas alturas que gostamos bastante de ir a jardins. São locais relaxantes… Fica sempre a ideia de ir fazer um piquenique que acaba por não acontecer… Talvez para uma próxima. Agora, vamos lá às fotografias que também vos mostram os visuais daquele dia que podem vos servir de inspiração para este fim-de-semana!
       Provavelmente estavam à espera de fotografias com mais verde do que estas que vos vamos mostrar, na sua maioria. Ao invés de um típico jardim, mostramos o parque onde se pode praticar skate e outras actividades semelhantes que têm graffitis muito giros que resultaram nestas fotografias que gostámos e quisemos partilhar. Gostam deste tipo de arte urbana? Nós gostamos bastante. Vai dar para perceber…

 

Camisola: C&A
Sutien: Primark
Calças: LIDL

Mala: Primark
Ténis: Jumbo
Brincos e pulseiras: Primark

Relógio: Loja dos chineses
Anéis: Swarovski & Loja das Jóias
Óculos: Wells

       Esta é a moda ao nosso estilo, e portanto há que mostrar mesmo aqueles pormenores que outras pessoas tentariam esconder. Afinal, aqui pelo blogue somos reais e apresentamo-nos tal e qual como somos. Isso inclui explicar-vos que cá por casa ninguém gosta de arrumar meias. Detestamos na verdade. Além disso partilhamos as meias pretas. Só que às vezes o par sai ao lado na arrumação. Foi o caso desta vez. Ao ver que ela tinha este par de meias que não era nada par, eu (Pedro) tive mesmo que captar. Isto é a nossa essência ahah. Hoje fui eu (Telma) a apanhada, mas vão ver que numa próxima também o capto desta forma… Mas sim, isto é que faz de nós tão reais. E os bloggers de moda até podem não sair de casa assim, mas que atire a primeira pedra quem nunca o fez… Vá, andem lá daí e juntem-se a nós na loucura que é a vida! 🙂

 

       Estas paredes contavam histórias e não conseguiu escapar à nossa intenção. Soubemos logo que era ali que tínhamos que fotografar o nosso visual. Um local muito louco, tal como nós, como já devem ter reparado… E assim nos apresentamos, na pura das loucuras, tal como somos, cá pelo blogue!

 

Camisa: Loja local
Calças: Loja local
Sapatos: Comprados no estrangeiro
Colar e pulseira: Gearbest 
Relógio: Sector
       Entretanto, em torno deste parque, havia todo um jardim enorme para passear com a família humana e com os patudos. Era realmente um contraste do urbano com o estado zen e tão verde do puro jardim. É um espaço encantador, mesmo para torrarmos ao sol. Estava um calor abrasador, mas foi um passeio muito giro. Pelo meio, até encontrámos um sapo no lado que por lá havia. Adorámos!! Mas não conseguimos fotografar, porque ele não pareceu nada que nos tivesse adorado…

 

       Dá para perceber que somos uns apaixonados por bijuterias e jóias, não dá? É que não nos cansamos de referir porque gostamos mesmo de usar. Achamos que fazem toda a diferença num visual. E não há que ter medo de usar. Não há que ter medo de não saber usar. Há que usar e pronto! Usem como gostam e estão a ser felizes, e isso é que interessa!

 

        E nisto de sermos felizes temos muito a agradecer um ao outro. Porque nos completamos nas nossas diferenças. Porque nos amamos e todos os dias, mesmo nos dias de birras e mau feitio (que também os temos, claro!) somos o melhor par um do outro nesta dança que é a vida! Dancem também com o par certo e sejam felizes!!