Há alguns meses atrás estava a trabalhar para uma das maiores empresas a nível mundial, para uma das mais prestigiadas marcas internacional. Estava bem porque recebia ao final do mês, achava que tinha um emprego estável e seguro. Achava que estava feliz porque me satisfazia o atendimento ao público, já que me permitia conhecer pessoas muito diferentes, com histórias de vida muito distintas e gostava de absorver os seus ensinamentos e o que tinham para partilhar comigo. Gosto dessa partilha. Isso fazia-me acreditar que gostava de estar ali a dobrar roupa, a vender e a conhecer novas pessoas tão distintas umas das outras. Às vezes o estarmos bem faz-nos querer ficar. Como vos contei aqui, fui despedido. Aqueles horários, aquele local onde trabalhava, não ajudou em nada a minha falta de saúde, pelo contrário. Mas era estável. Tinha perdido a estabilidade e isso fez-me ficar sem saber o que o futuro me reservava… Só que a vida é mesmo assim. Dizem que se fecha uma porta e se abre uma janela e é mesmo verdade!

Treinador de guarda-redes + sonho tornado realidade + nunca é tarde demais para percorrerem os vossos sonhos+ blogue português + ela e ele + ele e ela + Pedro e Telma
       Estava a conversar com a Telma, a dizer-lhe que me estava a assustar o facto de não saber o que iria fazer a seguir. Calmamente ela disse-me: “O que gostas de fazer? É a altura de pensares que podes ser quem tu quiseres. Só tens que saber o que queres. Pensa no que gostas de fazer. O que é que mais gostaste de fazer até hoje?“. Rapidamente me lembrei de como era feliz quando treinava no Clube de Futebol de Odivelas. Não era a idade ideal para voltar e tentar futuro nessa carreira… Mas e treinar outros? Pesquisei e encontrei o curso que queria. Cá estou eu actualmente como treinador de duas faixas etárias diferentes, no Clube de Futebol de Santa Iria. Se me contassem isso há alguns meses atrás não acreditaria… Agora já não tenho travões para o que possa surgir.

 

Treinador de guarda-redes + sonho tornado realidade + nunca é tarde demais para percorrerem os vossos sonhos+ blogue português + ela e ele + ele e ela + Pedro e Telma
       Não estou com um trabalho estável, não estou a receber nem de perto o que quero (daí continuar a procurar um segundo trabalho), mas estou mais feliz que nunca. Se é fácil? Não. Em dia nenhum é fácil. Até porque a minha doença (a epilepsia, sobre a qual já vos escrevi vezes sem conta) não é algo que possa estar à espera de controlar sempre. Tem os seus inconvenientes. Todos os dias é uma vitória. Todos os dias há novas conquistas. Todos os dias há novas batalhas, mas, no final, a guerra venço-a sempre. Sou feliz porque tenho a melhor namorada que poderia encontrar, tenho uma família que me apoia incondicionalmente, incluindo a família dela, que é tão minha quanto aquela que me viu nascer, temos os nossos patudos e ainda vos temos a vocês. A vida pode não ser fácil, mas é feita de conquistas diárias. É um risco que vale a pena viver. Vivam também no risco e não se limitam a sobreviver. Nunca é tarde demais para percorrerem os vossos sonhos!

 

Treinador de guarda-redes + sonho tornado realidade + nunca é tarde demais para percorrerem os vossos sonhos+ blogue português + ela e ele + ele e ela + Pedro e Telma
Qual é o teu maior sonho concretizado?
E qual o maior sonho que ainda tens por concretizar?