Cachorros quentes parece uma ideia simples para um jantar com amigos ou com a cara metade, certo? Não quando existe o Frankie! Aqui os cachorros têm todo um outro sabor, através de receitas muito bem conseguidas, tendo ainda um ambiente jovem, simples e rústico, semelhante aliás a muitas outras hamburguerias lisboetas. Nós, claro, tínhamos de experimentar esta nova sensação da capital!
       Foi já depois de um passeio por Lisboa que decidimos ir ao Frankie. Depois de tanto ouvir falar deste famoso restaurante, através de amigos e blogues, não podíamos perder a oportunidade. A nossa primeira impressão foi que o espaço era acolhedor, mas pequeno para a quantidade de gente que se ia perfilando à entrada. Com isto veio outro ponto positivo a assinalar: o atendimento é jovem, dinâmico e eficiente. Rapidamente fizemos o nosso pedido e fomos conduzidos até uma segunda sala de refeições. Atendimento e dinamismo spot-on.

Frankie + hot dogs+ portugal+ casal português + blogue + ela e ele + ele e ela + comida+ restaurantes +crítica gastronómica + review
Frankie + hot dogs+ portugal+ casal português + blogue + ela e ele + ele e ela + comida+ restaurantes +crítica gastronómica + review
       Uma coisa que não gostámos logo foi o facto de ser uma sala um pouco escura de mais e a decoração era francamente menos entusiasmante que a da primeira sala e definitivamente menos confortável. O espaço proporciona ainda que qualquer pessoa mais barulhenta ou grupos grandes na brincadeira, incomodem todo o espaço. Esta segunda sala é ideal para o convívio durante o dia e não tanto para a noite. Estes foram os nossos pontos negativos a assinalar, até porque a seguir chegaram os cachorros!
Frankie + hot dogs+ portugal+ casal português + blogue + ela e ele + ele e ela + comida+ restaurantes +crítica gastronómica + review
Frankie + hot dogs+ portugal+ casal português + blogue + ela e ele + ele e ela + comida+ restaurantes +crítica gastronómica + review
Frankie + hot dogs+ portugal+ casal português + blogue + ela e ele + ele e ela + comida+ restaurantes +crítica gastronómica + review
       O menu tem uma boa variedade de cachorros para escolha, e todos eles são feitos de forma criativa e deliciosa. Nós optámos pelo risco e pela segurança: eu (Ele) escolhi o Chilli Dog enquanto que eu (Ela), escolhi o veggie! O melhor é que podem adaptar os cachorros quentes ao vosso gosto. No caso dos vegetarianos, podem adaptar a salsicha e outros ingredientes carnívoros…
       As limonadas eram de maracujá e outra de morango. Qual delas a mais deliciosa? Para nós, definitivamente a de maracujá, se bem que a outra também é saborosa e diferente. Aliás, o Frankie é muito surpreendente nas suas inovações gastronómicas e isso agrada-nos bastante.
       Não podemos esquecer de mencionar a dose de batatas fritas Frankie! Estavam deliciosas e de chorar por mais! Eu (Ela) escolhi com cebola caramelizada, queijo e cebolinho, enquanto que o Pedro substituiu a cebola por bacon. Adorámos!!

 

       A experiência no Frankie acabou por ser um misto. Adorámos a comida, atendimento e rapidez de processos, mas o espaço deixa algo a desejar no que toca ao acomodar das pessoas e sobretudo falta-lhe tamanho para acolher tanta gente. O restaurante está junto das universidades da cidade universitária e recebe muita gente, pelo que um espaço de outras dimensões se pedia. Ainda assim, não existem grandes esperas, os cachorros chegam bastante rápido e a qualidade é inquestionável.
Recomendamos pela comida deliciosa e bom atendimento.
Frankie + hot dogs+ portugal+ casal português + blogue + ela e ele + ele e ela + comida+ restaurantes +crítica gastronómica + review
       E vocês já tiveram a oportunidade de experimentar o Frankie’s? Contem-nos tudo sobre a vossa experiência e a vossa opinião do espaço!