Procuramos oficialmente o negócio ideal para nos montarmos a solo. Algo que nos permita a independência. Que nos permita pensar que podemos ter os nossos horários, sem preocupações com relações tóxicas, com a feliz agravante de estarmos a lutar por e para nós. Era o nosso ideal… Mas que tipo de negócio?
        Podíamos tentar apostar em petsitting. Aqui na zona há muitos cães, pode ser que resulte… Não pode ser algo que fuja de horários fáceis de fazer, porque eu (Pedro) tenho sonos sensíveis, como sabem. Esse inconveniente e o da falta de dinheiro para investir são os nossos travões. Mas há-de haver imaginação, há força de vontade, há motivação. Por isso não há-de faltar muito para montarmos um negócio caseiro, não sabemos bem de quê. Andamos a pensar nisso… Há por aí sugestões de negócio? O que é que sentem que vos faz falta na vida quotidiana? Ideias de negócios procuram-se… Podem ser de todo o tipo. Mas não, não planeamos prostituir-nos, nem nada que se pareça ahahahah
       Contem-nos lá histórias de sucesso que precisamos de inspiração…