No passado dia 15 de Julho comemorámos os nossos 2 anos de namoro, e por isso decidimos passar o dia a festejar. Qual a melhor forma? Ir ao Jardim Zoológico de Lisboa, claro!
       Por nós íamos lá todas as semanas e acreditamos que não nos iríamos cansar. É, sem dúvida, o nosso passeio favorito! Chegámos assim que o Zoo abriu e, como é de esperar em nós, só saímos quase quando já estava a fechar. Aliás, só não esperámos pela hora de fecho, pois tínhamos combinado ir jantar a um sushi na Costa da Caparica, e depois ficaria muito tarde. Mas admitimos que mesmo a tentar despachar-nos cedo, fomos os últimos a andar no teleférico, antes do mesmo fechar. Foi um dia excelente, que vamos guardar para sempre! Vamos contar-vos tudo (com direito a reportagem fotográfica) e dar-vos todas as informações necessárias para que também vocês tenham um dia de 6 estrelas no Zoo de Lisboa.
Tudo começou com o a apresentação dos leões marinhos, focas e golfinhos do Zoo,
na Baia dos Golfinhos.
Depois do primeiro espectáculo, lá nos preparámos para andar de máquina na mão.
Fomos paparazzi por um dia e fotografámos imensas estrelas.
Mas antes de tudo, tivemos que delinear bem o nosso dia, para não perdermos ‘pitada’ das apresentações,
nem deixarmos de ver estrela nenhuma. Para isso, fomos contra os medos (os meus, da Ela) e enfrentámos
o mundo visto de cima, do teleférico, que nos dá uma fantástica vista sobre o jardim zoológico.
Depois de feito o planeamento, lá prosseguimos viagem a caçar todos
os animais nas nossas fotografias…
… e olhem que as estrelas eram bem sorridentes!
Mas claro, também havia aquelas mais sisudas, principalmente na zona do Reptilário.
“Are you horny? ‘Cause I am.”
“What do you mean I’m not a bear? I have all the koalifications!”
Não podíamos também deixar de visitar a Quintinha que tem muitos animais bebés.
E entretanto já nem sabíamos bem ‘por onde nos virar’ com tantos animais para cuscar…
“Howzabout a kiss, baby?”

 

Sabiam que quando os flamingos são pequenos, em vez desta cor alegre e viva, são cinzentos?

 

Vimos também a Alimentação dos Leões-marinhos.
E confessamos que adoramos focas e leões-marinhos!
E no entretanto almoçámos num belo piquenique pouco antes da actividade anterior.
Estava taaaaaaaanto calor!
Mas mesmo com o calor exorbitante e as paragens de 5 em 5 minutos para nos
abastecermos de água, foi sempre uma animação!

 

 

E temos algo a dizer! A maioria dos animais andava assim… Ainda apanhámos uns quantos com a máquina, mas
outros ainda se safaram. O que sabemos é que este calor… Trará muitos filhos para o Zoo ahah

 

Temos uma história tão engraçada para vos contar, sobre um certo medo que o Ele tem… ahahah (Isto sou eu (Ela) na
esperança de o convencer a contar. Desejem-me sorte!
É um animal muito giro, digo eu (a Ela).
É um inferno, digo eu (o Ele)!

 

 

Há um animal novo no Zoo… Mas isso fica para outra publicação que esta já vai longa…

 

 

Para além da prevaricação, os animais também tendem a ter um costume quando passamos por eles…
Os animais defecam sempre quando estamos a olhar. É incrível esta coincidência! Começamos a achar
que o problema é nosso. E ir ao Zoo ainda nos deixou a pensar mais neste facto. É chocante mesmo!! Nem
na Apresentação dos Répteis nos safámos, pois a iguana urinou literalmente para cima do tratador.
Mas o dia também teve aspectos muito interessantes!
Eu (Ela) fiz uma festa pela primeira vez a uma cobra.
E nós fizemos também uma festa a um crocodilo, giiiro que se farta!

 

E … Foi assim, por toda a parte, como contámos.
No Bosque Encantado, onde se realizou a apresentação dos répteis, houve também
uma Apresentação de Aves em Voo Livre. Eu (Ela) tive medo do tucano que tinha um
bico assustador, é certo. Mas olhem que o Ele nem se aproximou…
Só desta vez é que descobrimos que havia a Casa da Lagoa onde poderíamos ver os golfinhos. Vocês sabiam?

 

 

       E pronto, chegou ao fim a nossa sessão fotográfica com as estrelas do Jardim Zoológico de Lisboa. O que acharam? Sim, nós sabemos que está uma publicação bem grande, mas o certo é que nos foi muito difícil, mesmo assim, escolher as fotografias que faziam parte e as que ficaram de fora. Nós amamos animais, como já devem ter reparado…
       Então, começámos a pensar em apresentar a nossa perspectiva do Zoo em vídeo. O que acham da ideia?